Casa Balthazar – Jacuzzi Com a Melhor Vista de Lisboa

Não é a primeira vez, nem será a última que mencionamos que o Instagram é uma das nossas redes sociais favoritas. Embora não seja a aplicação ideal para planear viagens, a sua forte componente visual torna-o no lugar perfeito para buscar inspiração e descobrir sítios únicos.  Com esta introdução, talvez já tenham percebido que foi precisamente através de uma foto no Instagram que tomámos conhecimento da existência da Casa Balthazar. Desde que vimos a foto e o momento em que fizemos a reserva muito tempo passou, mas desde então este hotel ficou-nos sempre na memória.

Vivi quase 5 anos em Lisboa. Agora que estou a terminar o curso irei retornar ao Alentejo para estagiar. Achei que para o bem do nosso blog e para uma despedida em grande da capital, a última noite seria passada no hotel que melhor se enquadrasse na nossa rubrica de alojamentos com factor WOW.

O que não falta em Lisboa são alojamentos de qualidade. Após uma longa pesquisa na Booking, fiquei um tanto confusa qual seria o melhor. Lisboa está, de facto, muito bem servida de charmosos hotéis. Porém, depois de considerarmos tudo o que vimos, decidimos que a Casa Balthazar era a que mais se destacava. Afinal, de todos os alojamentos com vistas bonitas de Lisboa, este pareceu-nos o que tinha uma das vistas mais alucinantes da cidade e o único que permitia usufruir dessa vista num jacuzzi.

Localização

Garantidamente, esta é uma das melhores localizações possíveis para quem pretende ficar hospedado no centro de Lisboa. Encontra-se a 5 minutos a pé da Estação Ferroviária do Rossio e também a 5 minutos do Chiado.

O caminho para chegar não é de todo difícil, basta apenas algum fôlego para subir a Calçada do Carmo e virar na Rua do Duque. Apesar da rua estreitinha onde o hotel se encontra, poderão aqui chegar de carro e estacionar o vosso veículo no parque de estacionamento gratuito no interior do hotel.

O difícil não é aqui chegar, mas sim perceber que chegámos. Esta propriedade é bastante discreta na sua apresentação exterior. Quem passa por aqui passa, facilmente, pensa que esta será uma simpática residência familiar e não um hotel com uma das melhores vistas sobre Lisboa.

Quando cheguei à Rua do Duque, a mesma rua da propriedade, utilizando o Google Maps continuei a andar e estranhei ter perdido, subitamente, o sinal. Percorri a rua até ao fim e contactei o alojamento para perceber se estava muito perto ou não. Rapidamente me apercebi que tinha acabado de passar mesmo à porta da propriedade sem me dar conta. Bastou recuar uns passos e já estava  a tocar à campainha. A porta abriu-se e fui amavelmente recebida.

Calçada do Carmo

Estação Ferroviária do Rossio

Uma pitada de História e Curiosidades

Sabiam que o fundador desta charmosa casa foi Balthazar Roiz Castanheiro, fundador da prestigiada Confeitaria Nacional? Foi no ano de 1882 que o mesmo adquiriu a propriedade.

Para além de ser a residência da família Castanheiro, esta propriedade foi também a “A Fábrica”. Era daqui que saiam os deliciosos bolos-reis e  doçaria vendida na Confeitaria Nacional.

Casa

“Sintam-se como se estivessem em casa”.

Estas foram as palavras da simpática recepcionista que nos mostrou a casa e, de facto, sentirmo-nos em casa foi tarefa fácil enquanto aqui estivemos.

A decoração é  sóbria e clássica, com vários quadros espalhados pela casa. Na sala principal há chá e café grátis à disposição.

Recepção – Casa Balthazar

Recepção – Casa Balthazar

Sala de estar – Casa Balthazar

 

Piscina

Junto à sala principal existe também um pátio com uma piscina aquecida.

Decidimos aproveitar a noite para dar um mergulho. A água da piscina não estava super quentinha como a do nosso jacuzzi, mas estava morninha o suficiente para permitir um mergulho nocturno em Fevereiro.

Piscina – Casa Balthazar

Quarto Com Jacuzzi

O Valter veio ter comigo mais tarde, mal saiu do trabalho. Assim que entrei no quarto sozinha e me dirigi à varanda fiquei com vontade de não mais sair daqui. A vista de Lisboa que se tinha do nosso quarto era arrebatadora.

Existem, actualmente, 17 quartos. 3 são do género do nosso – com jacuzzi e vista para o Castelo de São Jorge. Existem muitos outros sem jacuzzi, mas com vistas tão privilegiadas para a cidade como a que nós tínhamos.

Para nos dar as boas vindas tínhamos uma garrafa de vinho tinto Dona Ermelinda. Dispúnhamos também de uma máquina de café Nespresso com cápsulas grátis, fruta, chá, iogurtes, cereais e leite – também grátis. O consumo das restantes bebidas presentes no mini bar é que já conta como consumo extra.

Ah, quase que me esqueço de mencionar! Na nossa casa de banho tínhamos aquecedores de toalhas. Algo que o Valter adorou. Ele é um grande fã de toalhas quentinhas. Pela primeira vez na nossa recente vida dupla como caçadores de hotéis WOW, tivemos direito a robe e chinelos, o que foi muito agradável.

O quarto possuía também ar condicionado que podíamos regular com a temperatura que mais se ajustasse ao nosso gosto. Para tornar a nossa estadia ainda mais perfeita tínhamos Wi-Fi grátis, televisão com vários canais incluindo o Travel Channel (Yey!) e uma aparelhagem.

Para além de tudo o que já mencionámos, tínhamos ao nosso dispor um modesto telemóvel para fazer chamadas para o hotel caso tivéssemos alguma dúvida ou necessitássemos de alguma coisa extra.

Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I – Casa Balthazar

Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I – Casa Balthazar

Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I – Casa Balthazar

Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I – Casa Balthazar

Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I – Casa Balthazar

Esta era a vista que tinhamos da varanda do nosso quarto. No mínimo, fantástica. Não concordam?

Pequeno-Almoço

O pequeno-almoço é servido no quarto à hora que pedirem e é fornecido pela Confeitaria Nacional, a mais antiga confeitaria da Baixa de Lisboa.

Era muito delicioso e o sumo de laranja era natural (Yupi!). Para além de croissants saborosos, havia também uns pãezinhos, fruta que incluía kiwi, uvas e uma fruta que o meu paladar nada gostou, mas que julgo ser papaia. Decididamente, as minhas papilas não são sofisticadas o suficiente para gostar destes frutos exóticos.

Tínhamos também doce de tomate, que eu adoro, e um delicioso bolo com nozes e outros frutos secos.

Pequeno-Almoço : Casa Balthazar

Preço & Reservas

Consoante a altura da vossa reserva e o quarto que escolham o preço pode variar bastante. Os preços mais baixos que encontrámos foram para os meses de Janeiro e Fevereiro.

De acordo com a nossa pesquisa na Booking, o preço do “Quarto Duplo Deluxe com Varanda e Banheira de Hidromassagem I” que escolhemos pode oscilar entre os 180€-320€.

O melhor mesmo é consultarem os preços directamente na Booking. Para reservar só têm de clica aqui.

Informações úteis

  • Existe estacionamento grátis no interior da propriedade
  • Adolescentes com idade superior a 16 anos são bem-vindos

 

 

Lara Oliveira

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS