7 Coisas A Não Perder Em Novi Sad

7 Coisas A Não Perder Em Novi Sad

Novi Sad é uma das três grandes cidades da Sérvia. Fica apenas a 1 hora de Belgrado. De autocarro ou comboio é provável que demore mais do que isso.

Esta cidade alberga o maior festival de música da Sérvia, o Festival Exit . Embora, a minha estadia nesta cidade não tenha coincidido com as datas do festival, tenho bastante curiosidade em voltar nessa altura.

Passei 2 semanas nesta encantadora cidade a fazer SEP numa farmácia, um programa de mobilidade de estudantes, para estágios. Tive bastante tempo para conhecer e aproveitar Novi Sad, por isso deixo-vos aqui 7 razões para a incluírem no vosso itinerário quando planearem uma visita à Sérvia.

img_5178-11: Ver o Pôr-do-Sol na Fortaleza de Petrovaradin.

Esta foi uma das minhas actividades favoritas, a vista que se tem sobre a cidade a partir deste ponto é maravilhosa.

_mg_8907-12: Comer num restaurante com uma estrela Michelin, por menos de 10€

A Sérvia é um país bastante barato para a maioria dos viajantes. Se o teu orçamento para as próximas férias está um bocadinho apertado, este país poderá ser uma opção. Poderás, inclusive, experimentar coisas que em qualquer outro lugar, poderiam ser demasiado caras. Um bom exemplo disso, é este restaurante – Restaurante Maša. Quando receberes o menu irás perceber que o chefe que preparou o menu, Boban Ciric, foi premiado com uma estrela Michelin. Para além disso, ganhou vários concursos de culinária, europeus e nacionais.

Durante a minha estadia em Novi Sad, vim aqui comer, 3 vezes. Uma com amigas, outra sozinha e a última com o Valter, quando ele me veio visitar. Comi sempre pratos diferentes e nunca nenhum prato que escolhemos custou mais de 7€. Existem pratos mais caros, é verdade, mas acho que no limite, o prato mais caro não deve ser mais de 15€.

Adorei a massa com salmão e camarão. Estava divinal! O Valter, que não gosta de cogumelos, decidiu experimentar o prato que estão a ver na imagem e que tem cogumelos. O prato estava tão bem confeccionado, que ele comeu os cogumelos TODOS e gostou.

As sobremesas também tinham um aspecto divinal, mas ficámos sempre tão satisfeitos com a comida que não pedimos sobremesa. Uma grande falha nossa! Já temos outra razão para voltar a Novi Sad.

_mg_8910-13: Comer um algodão doce colorido

Não sei se a senhora que vende estes coloridos bocadinhos de paraíso estará todos os dias em Novi Sad. Durante o tempo que aqui passei não a encontrei todos os dias, mas encontrei-a bastantes vezes. No último dia decidi ceder à tentação e comprar um.

img_5304-14: Cafés giros

Novi Sad está cheia de adoráveis cafés.

Cafés com música ambiente, que também funcionam como barbearia, como o “The Pub Eraj“.

img_5309-1

No Pub Eraj oferecem estes amorosos bolinhos em forma de coração, com o pedido de uma bebida quente.

img_5310-1

Ou o Sketch Bar que tem uma decoração charmosa com livros antigos e máquinas de cozer.

img_5376-1

Ou o Kafeterija, onde pedes um chá e, para além do teu pedido, trazem-te uma personalizada garrafa com água da torneira e uma erva gira lá dentro. Adorei a ideia! Este espaço tem uma boa variedade de cafés (Quénia, Costa Rica, Etiópia e mais). Este é um espaço bastante agradável para estudar ou trabalhar.

img_5407-1

A única coisa menos positiva de quase todos estes espaços, se não todos, é que se pode fumar lá dentro. O que pode ser um bocadinho desagradável e intoxicante para pessoas não fumadoras, como eu.

À noite muitos dos cafés adoráveis transformam-se em lugares animados e agitados com música, principalmente na rua Laze Telečkog.

img_5519-15: Caminhar até à praia Štrand

Sim, também podes apanhar um autocarro para lá chegar, mas andar é mais divertido. Para além do mais, vais encontrar muitas pessoas saudáveis a fazer o mesmo.

Esta encantadora esplanada, que podes ver na  foto, pode ser encontrada algures junto à praia Štrand.

Esta é uma praia fluvial, cortesia do Danúbio,

img_5431-16: Comer pizza doce

Sempre sonhaste em comer uma pizza doce? No “Pepper Pizza Bar” podes provar a sua “Slatka Pizza” (se não me engano, é assim que se chama a pizza doce). Tens também muitas outras pizzas e sandes, que também são boas. O espaço é também muito giro.

img_5418-1

 

_mg_8920-17: Fica no caminho Belgrado-Budapeste

Se estão a visitar a Sérvia e têm como próximo destino Budapeste, visitar Novi Sad é uma excelente ideia. Novi Sad fica a Norte de Belgrado, ficando mais perto de Budapeste. Portanto, uma paragem em Novi Sad não será um desvio.

capturar

Podem aproveitar um dia em Novi Sad e fazer a viagem para Budapeste, no comboio nocturno. Chegarão a Budapeste por volta das 7h ou 8h. Seria suposto chegarem, por volta das 6h da manhã, mas é bem provável que este comboio chegue atrasado. Pelo menos, das 2 vezes em que fiz este troço, assim foi. Sendo um dos atrasos de cerca de 3h e o outro de 1h. Portanto, se por algum motivo têm pressa para chegar a Budapeste, não vos aconselhamos a apanharem um comboio que saia da Sérvia.

DICA: Os bilhetes de comboio de Novi Sad para Budapeste são super baratos. Um bilhete de ida custou cerca de 12€ e ida/volta cerca de 20€. Para comprarem os bilhetes de comboio para Budapeste dirijam-se à Stephany World Travel. Mesmo que tenham qualquer outra dúvida de deslocação, podem dirigir-se a esta agência. Quando precisei de ir de Novi Sad a Timisoara, na Roménia, foram eles que arranjaram uma solução de como lá chegar.

Já visitaram Novi Sad? O que mais gostaram? Adoraríamos ouvir as vossas sugestões.

Lara Oliveira

8 Comments

  1. Responder

    Nuno

    21 Novembro, 2016

    Olá,

    Este ano fui 3 vezes à Sérvia, país pelo qual me apaixonei. Das três vezes fiquei sempre em Beograd e da primeira vez fiz uma viagem de um dia a Novi Sad, fiquei encantado com o estilo completamente Austro-húngaro da cidade, opondo-se à ex-Otomana Beograd. Indo a Novi Sad nota-se bem as diferenças culturais dentro de um país tão pequeno, o que o faz ainda mais cativante. Em termos gastronómicos, comi em Novi Sad o melhor podvarak (sauerkraut esfarripada com carnes e enchidos) que já alguma vez comi na minha vida. Um dia vou voltar a Novi Sad para conhecer melhor a zona. Espero que o meu comentário seja útil 🙂

  2. Responder

    Nuno

    22 Novembro, 2016

    Olá! Primeiro que tudo parabéns pelo artigo, está excelente. Este ano fui 3 vezes à Sérvia e fiquei sempre em Beograd. Na primeira vez que fui, fiz uma viagem de um dia a Novi Sad e fiquei encantado com essa pequena cidade. O estili Austro-húngaro bem preservado fez bem o contraste com a ex-Otomana Beograd. O ambiente, o Danúbio que passa calmamente, tudo na capital da Vojvodina é sobre calma. Comi aí o melhor Podvarak (sauerkraut desfiada com carnes e enchidos) da minha vida. Por isso recomendo a quem visite a Sérvia a não se esquecer de Novi Sad, tal como quem visita Portugal nunca se deve esquecer do Porto 🙂

    • Responder

      Lara Oliveira

      22 Novembro, 2016

      Olá, Nuno.
      Muito obrigada pelas tuas palavras e por partilhares a tua opinião e experiência connosco.
      Que bom saber que visitaste Novi Sad. É uma cidade encantadora! Sempre tive um fascínio especial pelos Balcãs. Felizmente, este Verão tive a oportunidade de conhecer duas cidades na Sérvia e Sarajevo, na Bósnia. Adorei conhecer Novi Sad e Belgrado mas também gostava de ter tido a oportunidade de conhecer alguns dos encantos naturais da Sérvia, como o Uvac Canyon ou o Lazar’s canyon. Também queria muito ter ido à vila de Drvengrad, construída pelo cineasta Emir Kusturica e que se localiza entre duas montanhas. Ficará, certamente, para uma próxima.
      Olha, ainda bem que mencionas o Podvarak. Adoramos experimentar comidas novas e tradicionais, mas ainda não tínhamos ouvido falar dessa especialidade. Graças ao teu comentário, vamos já acrescentá-la à nossa lista de experiência gastronómicas para provarmos numa futura visita à Sérvia 😉

      • Responder

        Nuno

        22 Novembro, 2016

        Olá! Não tens de quê, o vosso trabalho neste blog e página de FB é fantástico! As minhas visitas à Sérvia ainda não acabaram, hei de ir lá muitas vezes. As balcãs vão ser toda uma área a ser explorada e sortudo eu tenho um insider Sérvio para me ajudar nas descobertas pois conhece bem a região. Se alguma vez precisarem de alguma opinião ou conselho não hesitem em perguntar. Já agora deixo-te aqui outro tesourinho da Sérvia óptimo para visitar na primavera/verão, chama-se Djerdap e é uma espécie de monumento natural sobre o danúbio, conseguem-se excursões muito boas de um dia a partir de Beograd por mais ou menos 15€ 😀

        • Responder

          Lara Oliveira

          22 Novembro, 2016

          Oh Nuno, nem sabes o quão felizes o teu comentário nos deixa. Este blog ainda é um projecto bastante recente para nós e ficamos sempre radiantes de felicidade quando recebemos comentários ou mensagens de leitores com um feedback tão positivo. Isso dá-nos muita motivação e determinação para continuarmos a trabalhar com muito empenho e dedicação neste projecto que é tão especial para nós.
          Muitooo obrigada por essa dica, ainda não conhecia esse tesourinho. Vou apontar na minha lista. Se precisarmos de mais dicas para a Sérvia, olha que te perguntamos mesmo ihih Outra razão que também me faz querer voltar a Belgrado é ir ao festival Dev9t. Já ouviste falar? Nós queremos muitooo ir!
          Outro país dessa zona que também estou mortinha para conhecer é a Albânia.

          • NUNO RAMOS

            22 Novembro, 2016

            Sim já ouvi falar do Dev9t e será também uma próxima para mim! Deve ser fantástico, se lá conseguir ir nas datas do festival não vou perder pitada, até lá tenho que melhorar os meus conhecimentos de sérvio para falar com a malta eheheh sim já ouvi falar na Albânia bastantes vezes e que tem sobretudo uma beleza natural de outro mundo, mas enquanto a tensão entre os dois países estiver tão grande não posso ir lá tão cedo pois ando sempre acompanhado por um Sérvio, se bem que já me disseram que já não os recebem assim tão mal como era dantes! Entre muitas outras na minha lista estão: Sarajevo (sei que já visitaram, vi o vosso post e fiquei maravilhado), Mostar( também na Bósnia), Ohrid na Macedónia e Kotor no Montengro. Mas há muuuuuuuito mais por explorar nessa zona, fogo preciso de tirar três meses de férias, fugir para Beograd e fazer as minhas excursões a partir daí, já que o alojamento é de borla hehehehe

          • Lara Oliveira

            22 Novembro, 2016

            Uau!! Estás a aprender sérvio? Isso é tãooo fixe! Vai dar muito jeito de certeza. Arranjar quem fale inglês nessa zona, às vezes, pode ser um bocadinho difícil e é sempre bom ter algum conhecimento da língua.
            Tenho visto vídeos e fotos de praias e montanhas incriveís na Albânia. Como não podia deixar de ser, também temos a Macedónia e Montenegro na nossa lista. Queríamos muito explorar a beleza natural de toda essa região. Umas férias indefinidas e um carro davam jeito para partirmos todos à descoberta ihih

          • NUNO RAMOS

            22 Novembro, 2016

            Sim tenho estado a aprender, já consigo dar uns toques beeeem pequeninos ehehehe se bem que tenho reparado que pelo menos na capital há um bom nível de inglês, e como ando sempre com o meu tradutor humano não me preocupo muito ahahah Sim sim um carro e tempo indefinido era perfeito para a malta conhecer tudo o que há para ver! Mas o tempo escasseia ahaha

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

RELATED POSTS