O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias – Uma semana

Estás a planear visitar Paris? Nós podemos ajudar! Passámos uma semana na cidade do amor, a perder-nos pelas suas ruas, a provar a sua divinal pastelaria, a conhecer os seus ícones postais e todos os outros locais que nos foram despertando a atenção e cativando os nossos sentidos. Há infinitas possibilidades de como passar uma semana em Paris. Esta foi a que escolhemos, e  para te ajudarmos e deixarmos inspirados a planear a tua semana em Paris, vamos compartilhar contigo o nosso roteiro.   

Queres um roteiro de Paris personalizado para 4 dias ou mesmo uma semana? Então, vieste ao local certo! Neste artigo, apresentamos um roteiro detalhado, para servir como o teu guia em Paris.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

 

O que visitar em Paris?

Dia 1: Montmartre, Sacré Coeur & Pigalle

O nosso voo da Transavia partiu de madrugada de Lisboa e chegou à hora prevista ao aeroporto de Orly, o aeroporto mais próximo de Paris. Às 10h30 da manhã já havíamos chegado à Gare du Nord e estávamos carregados que nem duas tartarugas com as nossas mochilas a servirem de majestosas carapaças, mas determinados a caminhar até ao nosso hotel que ficava “já ali ao virar da esquina”. Era apenas uma distância de 15 minutos que nos separava do nosso hotel, o primeiro onde iríamos ficar em Paris, o Ibis Sacré Coeur.

 Ibis Sacré Coeur

Apesar da minha lentidão, chegámos ao hotel uma hora antes de oficialmente podermos fazer o check-in.  Fomos amavelmente recebidos por umas gotas a pingar do tecto no hall de entrada e por uma recepcionista que, para além de ser extremamente simpática, era  poliglota e falava português. Nem questionaram o facto de ainda não estar na hora de fazermos o check-in e deixaram-nos ir de imediato para o nosso quarto. Algo que estávamos mesmo a precisar. Já não víamos uma cama há mais de 24 horas. Adormecemos que nem dois bebés durante umas duas horas e ganhámos energias para explorar a área onde escolhemos ficar alojados, o bairro boémio e muito charmoso de Montmartre.

 Onde comer perto de Montmartre, Paris? Brother’s Crêpes & Café

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Brother’s Crêpes & Café | 82 Boulevard de Rochechouart, Paris

Claro que depois de uma bela sesta, estava mais do que na hora de almoçarmos e que refeição seria melhor do que um crepe? A menos de um minuto a pé do Ibis Sacré Coeur, encontrámos o Brother’s Crêpes & Café, como o nome indica, os crepes são a especialidade deste estabelecimento, mas estes não são os habituais crepes que comemos com nutella de sobremesa. Estes crepes são uma refeição por si só. Especialmente, se escolherem o tamanho regular, em vez do pequeno. Escolhemos ambos o mesmo tipo de crepe, o “La Pachanga”. Os nossos crepes eram enormes, deliciosos, recheados de mozzarella derretida, chouriço, frango e jalapeños, muitos jalapeños. O que os tornavam, por vezes, demasiado picantes para o meu gosto.

Localização:  82 Boulevard de Rochechouart

Preço: 19.60€ (2 crepes “la pachanga” de tamanho normal + bebidas)

 Perde-te pelas ruas de Montmartre e caminha até ao Sacré Coeur onde terás uma sobranceira vista sobre Paris

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Montmartre, Paris

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Place du Tertre, Paris

Já tínhamos lido tanto sobre Montmartre e visto tantas fotos que ainda antes de aqui chegarmos já suspeitávamos que este seria um dos nossos bairros favoritos de Paris. Foi, precisamente, por esta razão que escolhemos este bairro para ficarmos alojados durante toda a nossa estadia. E, não nos arrependemos nem por um segundo.

Começámos a subir em direcção à Basílica do Sagrado Coração e fomos parando para apreciar não só os franceses que passavam por nós com as suas baguetes traçadas debaixo do braço, mas também os lugares que até agora ainda só havíamos visto nas fotos e fomos ficando cada vez mais entusiasmados para percorrer cada rua nova que nos aparecia à frente. Chegámos à Place du Tertre, a praça onde se concentram talentosos pintores a fazer retratos e caricaturas e continuámos percorrendo as ruas, sem mapa.

Pára para comer um crepe no pitoresco bar “Le Tire Bouchon”

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Le Tire Bouchon, Montmartre | Paris

Quando as primeiras pingas de chuva começaram a cair não nos demos por vencidos e continuámos a caminhar em direcção à Basílica do Sagrado Coração (Sacré Cœur). Mas as pingas miudinhas que caíam no início deram lugar a uma grande e forte chuvada e nós decidimos voltar para trás e regressar quando a chuva desse tréguas. Para passar o tempo sentámos-nos num dos muitos charmosos cafés que podem encontrar em Montmartre, o “Le Tire Bouchon“. Um café muito  acolhedor e pitoresco, cheio de recordações dos seus clientes a servir de papel de parede, e com música ao vivo. Partilhámos um delicioso crepe com nutella que nos custou 5.50€.

Localização: 9 Rue Norvins | Na mesma rua, a apenas 50 metros de distância, encontrámos delicioso vinho quente a 2€ o copo, no Chez Ma Couisine. Perfeito para levar connosco e aquecer as mãos enquanto explorávamos os encantos de Montmartre

Onde comer em Montmartre, Paris? Recomendamos “Le Refuge des Fondus”

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Le Refuge des Fondus, Montmartre | Paris

Decidimos comemorar a nossa recém chegada a Paris no restaurante “Le Refuge des Fondus“, um restaurante que já sabíamos de antemão que queríamos experimentar. As opções de jantar neste restaurante giram à volta do fondue, podem escolher entre fondue de carne ou de queijo, simples.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Le Refuge des Fondus, Montmartre | Paris

Somos ambos grandes apreciadores de queijo, por isso a escolha foi fácil e optámos pelo fondue de queijo. Porém, tenho de confessar que não fiquei completamente rendida a esta comida. Se lá regressasse optaria pelo fondue de carne. Porquê? O queijo ao ser fundido transforma-se numa pasta espessa que é suposto acompanhar com bocadinhos de pão. Mas ou se come quando ainda está quente e fundido, ou caso sejam sensíveis às temperaturas quentes, como eu, e decidam esperar que arrefeça para poderem comer, vão verificar que ao arrefecer o queijo transforma-se numa espécie de pastilha elástica viscosa e comê-lo deixa de ser uma actividade tão prazerosa como haviam antecipado.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Le Refuge des Fondus, Montmartre | Paris

O fondue de queijo pode não se ter tornado num dos meus pratos predilectos, mas ainda assim acho que este restaurante é um daqueles sítios que vale a pena nem que seja só pela experiência diferente que nos proporciona.

Uma das particularidades deste restaurante é que o vinho é servido em biberões. Outra das particularidades é que este é um restaurante pequeno, apenas com duas mesas compridas, onde o conceito de privacidade não existe e somos todos sentados uns ao lado dos outros como uma grande família num jantar de Domingo. E, preparem-se, porque se ficarem do lado da parede vão ter de passar, literalmente, por cima da mesa. Meninas, já sabem, nada de saias ou vestidos!

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Le Refuge des Fondus, Montmartre | Paris

Quando a empregada de mesa, me deu a mão e me explicou como passar para o outro lado, olhei para o Valter com uma cara confusa e julguei não estar a perceber, mas tinha percebido na perfeição e estava mesmo prestes a meter-me em cima da cadeira, alçar a perna e alcançar o outro lado. Os nossos vizinhos de mesa eram todos americanos bastante simpáticos.

Se procuram uma experiência pouco usual em Paris, este é o sítio!

Preço: 46€ (fondue de queijo para duas pessoas, um biberão com vinho para cada um e bebida de boas vindas)

Localização: 17 Rue des Trois Frères, Montmartre, Paris

 Percorre a Boulevard du Clichy, a rua do Moulin Rouge, à noite

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Moulin Rouge à noite

Pigalle é o bairro boémio de Paris e ficava mesmo a dois passos dos dois hotéis onde ficámos. O Ibis Montmartre e o Ibis Sacré Coeur. É também em Pigalle que poderão encontrar o Moulin Rouge, algumas prostitutas na rua, muitas sexshops, cinemas de filmes pornográficos, diversos cabarets e clubes de strip.

Passámos a nossa primeira noite em Paris a deambular pelas ruas de Pigalle e a entrar e a sair de sexshops e recomendamos.

 

Dia 2: Louvre & Torre Eiffel

Extra: Playground Duperre

A menos de 500 metros do Ibis Sacré Coeur poderão encontrar um dos campos de basketball mais coloridos de sempre. Já sabíamos da existência deste lugar, mas não nos tínhamos apercebido que era tão próximo do nosso hotel. Podem ver a localização aqui.

 Onde comer em Paris? Recomendamos: Passage Brady

A Passage Brady é uma das muitas passagens cobertas de Paris. Mentiríamos se disséssemos que está é a mais charmosa, mas  talvez, seja a mais étnica. Se estão com apetites de comida indiana, certamente, irão encontrar um bom restaurante com preços acessíveis que vos agrade.

Nota: Se estão com o intuito de poupar não peçam bebidas!! O prato do dia que pedi, um delicioso curry de frango custou apenas 6€. O prato do Valter, uma espécie de prato de degustação, que incluía arroz, uma chamuça, pão, um bocadinho de curry de frango, um molho, e  salada custou 9,50€. A coca cola de 33cl é que saíu mais cara do que esperávamos, 4€.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Uma das muitas passagens cobertas de Paris: Passage Brady

 Explora algumas das passagens secretas e cobertas de Paris

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Uma das muitas passagens cobertas de Paris: Passage Jouffroy

Depois de enchermos a barriga, partimos em busca de mais passagens cobertas. As passagens cobertas são uma óptima forma de entretenimento num dia chuvoso. Os seus tectos altos e envidraçados, os seus cafés e as suas lojas com artigos curiosos e lembranças fazem as delicias dos curiosos turistas ou locais que por aqui passam.

Em Paris, existem cerca de 15 passagens deste género. Claro que não as visitámos todas, mas das que visitámos as nossas favoritas são: Passage Jouffroy, Passage des Panoramas e Galerie Vivienne. 

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Passage Jouffroy

Museu do Louvre

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Museu do Louvre, Paris

O Louvre dispensa apresentações e claro que uma visita ao Louvre não podia faltar na nossa primeira vez em Paris.

Decidimos visitar o Louvre numa quarta-feira à tarde porque às 4ªf e 6ªf, o museu está aberto até às 21h45.  Nos outros dias da semana está aberto das 9h da manhã até às 18h. Encerrra à 3ªf.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Entrada do Carrousel Du Louvre

Louvre: Qual a melhor entrada?

Chegámos ao Louvre às 17h, e claro que, havia uma grande fila no exterior. Já tínhamos feito o trabalho de casa e pesquisado qual a entrada onde a fila seria mais curta.

O Louvre tem quatro entradas principais, a entrada da Pirâmide, a entrada da Porta dos Leões (Porte des Lions), a entrada do Carrousel du Louvre (a entrada que escolhemos, perto da pirâmide invertida) e a entrada da Porte de Richelieu. 

Lemos nalguns sites que a Porte des Lions era uma das entradas secretas para aceder ao Louvre sem filas, mas se não são um grupo com um guia oficial podem esquecer esta entrada. Actualmente, a Porte des Lions serve apenas para grupos. Outra das entradas que também podem esquecer é a Porte de Richelieu que serve apenas para grupos ou para pessoas que possuem o passe anual .

Sendo assim, restam apenas duas entradas. A  mais famosa que é a da pirâmide do Louvre e a do Carrousel du Louvre. Ao contrário do que lemos na internet, a entrada do Carrousel du Louvre não nos pareceu em nada secreta, a fila era bastante longa, mas passado 1h já estávamos a entrar no museu. Quando vimos a enorme fila receámos que o tempo de espera fosse muito superior.

Esta é a fila de segurança, independentemente, de terem bilhete ou não têm que esperar nesta fila. Depois de passarmos pela fila de segurança, não tivemos de esperar mais de 10 minutos na fila para comprar o bilhete do Valter.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Entrada do Carrousel Du Louvre

Louvre: A partir de que idade tenho de pagar bilhete?

Se forem menores de 25 anos e cidadãos da UE, Noruega, Islândia ou Liechtenstein não precisam de bilhete. Na entrada do museu, apenas têm de mostrar o vosso cartão de cidadão para comprovar a vossa idade.

Preço: 15€ | Comprem aqui o vosso bilhete. O site Tiqets tem bilhetes online ao mesmo preço que os que são vendidos no Louvre. Se comprarem no site oficial do Louvre, os bilhetes são 2€ mais caros

Onde jantar em Paris, perto do Louvre? Sapporo Restaurant

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Restaurante Sapporo, Paris

Depois do Louvre fechar, saímos esfomeados à procura de um local para suprir as nossas necessidades nutricionais.

Encontrámos um restaurante japonês que nos pareceu acolhedor e acessível. Uma vez que também já não tínhamos energia para andar mais sem antes comer, decidimos entrar. Já andava inclinada para experimentar ramen faz tempo e esta foi a oportunidade perfeita para o fazer. Este foi o primeiro ramen que comi na minha vida, por isso, não tenho qualquer termo de comparação e não vos sei dizer se o ramem era bom ou mau, apenas vos digo que a comida do Valter era, sem sombra de dúvidas, mais deliciosa que a minha. Caso estejam interessados, a comida dele chamava-se “katsudon” uma espécie de omelete japonesa com carne panada e arroz. Nhami nhami!

Preço: 19.80€ (ramen + katsudon, sem bebidas)

Localização: 276 Rue Saint Honoré

 Caminhada nocturna até à Torre Eiffel

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Torre Eiffel à noite

Quando saímos do Louvre, comentei com o Valter que quando acabássemos de jantar seria uma boa ideia caminhar até à torre Eiffel, que aparentava ser logo “ali”. Afinal o “logo ali” foram cerca de 4km a andar, mas valeu a pena para ver a imagem postal de Paris toda iluminada e ao vivo. Só assim, ficámos com a digestão bem feita.

 

Dia 3: Disneyland Paris

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Disneyland Paris

Quando decidimos passar uma semana inteira em Paris, não estávamos a pensar visitar a Disneyland. Paris é uma cidade tão grande e com tanto para ver que queríamos aproveitar todos os dias da nossa semana para explorar mais bairros e recantos de Paris. Por fim, acabámos por ceder ao encanto da Disney. E, ainda bem, que o fizemos.

O preço dos bilhetes varia consoante a altura. Comprámos o nosso bilhete online no dia anterior à nossa ida à Disney por 69€. Podem comprar aqui os vossos bilhetes. Se comprarem directamente no parque são muito mais caros, custavam cerca de 100€.

Chegar à Disneyland Paris de transportes públicos foi extremamente fácil. Ida e volta fica em cerca de 15€ por pessoa. A Disneyland Paris merece um artigo especial, por isso não nos iremos alongar mais. Podes encontrar AQUI o nosso artigo com toda a informação que necessitas de saber antes de visitar a Disney.

Dia 4: Quartier Latin

No nosso quarto dia em Paris mudámos do Ibis Sacré Coeur para o Ibis Montmartre. Ficam apenas a uma caminhada de 10 minutos um do outro. Apesar de pertencerem à mesma cadeia, gostámos mais  do Ibis Montmartre, o edifício é muito maior e mais moderno. Os quartos são mais amplos e as casas de banho têm dimensões normais. Ao contrário das casas de banho do Ibis Sacré Coeur que são minúsculas.  Regressaríamos ao Ibis Montmartre, sem hesitar, e recomendamos a todos os nossos leitores que procurem um hotel a um preço acessível e confortável.

Galerias Lafayette

Depois de instalados no novo hotel. Saímos de Montmartre prontos a descobrir o Quartier Latin e a famosa livraria Shakespeare And Company.

Pelo caminho, fomos parando em todas as capelas. Parámos nas Galeries Lafayette, no departamento de lojas de luxo Printemps, no Louvre e no Jardin des Tuileries. Demorando mais de duas horas a fazer um percurso de meia hora. Mas passear, descobrir novas cidades é precisamente isto. Ir parando sempre que algo nos desperta o interesse. 

Não gostamos de esbanjar dinheiro em roupa ou acessórios, mas ambos adorámos visitar as Galerias Lafayette e subir até ao seu terraço para apreciar a vista sob Paris. Ao contrário do terraço do também ilustre e histórico departamento de lojas Printemps onde só os clientes dos restaurantes têm acesso, ao terraço das Galeries Lafayette qualquer um pode aceder e desfrutar da vista.

És um amante de livros? Então,  não percas a oportunidade de visitar a famosa livraria Shakespeare & Company

Depois de calcorrear as margens do Sena, apreciando cada banca de livros usados e de pinturas, finalmente, chegámos ao nosso destino, a livraria Shakespeare and Company.

A primeira Shakespeare And Company a abrir em Paris foi fundada por Sylvia Beach, em 1919, funcionava como livraria e como biblioteca, foi aqui, que alguns dos mais prestigiados autores encontraram a sua segunda casa e em Sylvia Beach uma amiga. Hemingway, Fitzgerald e Eliot, todos eles passaram pela Shakespeare And Company. A livraria fechou em 1941, com a ocupação alemã de Paris e nunca mais reabriu.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Livraria Shakespeare And Company, Paris

Em 1951, George Whitman, abriu uma livraria em Paris, com o nome de “Le Mistral”, e mais  tarde, em 1964, decidiu renomeá-la, em homenagem à livraria que Sylvia Beach abrira em 1919, para Shakespeare And Company. Determinado a manter o ambiente descontraído e acolhedor da sua fundadora original, a nova Shakespeare And Company, rapidamente, se tornou num marco importante na vida de muitos escritores a viver em Paris. Escritores como Anaïs Nin, Julio Cortázar, Henry Miller, James Baldwin e muitos outros.

Nota: Felizmente, esta histórica livraria vende livros em inglês.

 Reabastece o teu stock de cremes na Citypharma

Gostas de cremes baratos?  Claro que gostas!! Afinal, quem é que não gosta de encontrar coisas de qualidade a um preço mais baixo? Paris é um óptimo destino para comprar cosmética porque os preços são mais baixos do que estamos habituados.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Citypharma, Paris

França não é apenas conhecida pelos seus óptimos vinhos e ampla variedade de queijos, mas também pelos seus inúmeros cosméticos de excelência. Haverá melhor lugar para reabastecer o stock dos teus cremes favoritos do que Paris? Então, prepara-te e leva bagagem de porão. E não te esqueças de fazer uma lista prévia com o que precisas, porque é muito fácil perder o norte quando te deparas com tanta escolha.

Nem todos os cremes são assim tão mais baratos, por vezes, é apenas uma diferença de 3 a 4€, o que já é bom. Mas depende muito das marcas. Também encontrei cremes a metade do preço, principalmente os da SVR, uma das minhas marcas favoritas para comprar o meu creme da rosácea.

Importante: A Citypharma é uma das parafarmácias com os melhores descontos em Paris, vão preparados para encontrar legiões de pessoas e ter dificuldade a mover-se nos corredores.

Localização: 26 Rue du Four | Fica apenas a 15 minutos a pé da Shakespeare & Company

Horário: 2ªf-6ªf abre das 8h30 às 20h; sábado abre das 9h às 20h e encerra aos domingos

 Explora o Quartier Latin, um dos nossos bairros favoritos de Paris

O Quartier Latin, fica a dois passos da catedral Notre Dame, as suas ruas estreitas e cheias de vida caracterizam a sua atmosfera vibrante. É também o local ideal para refeições mais em conta.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Onde comer nas redondezas do Quartier Latin?

#1 Mexi & Co

Ainda nas redondezas da Shakespare and Company, podem encontrar o, Mexi & Co, um restaurante mexicano descontraído, com uma decoração marcada pela cores vivas e quentes e por um ambiente divertido. Os nachos que aqui comemos foram, sem exagero algum, os melhores da nossa vida. Infelizmente, não podemos dizer o mesmo do resto da comida.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Restaurante Mexi & Co, Paris

Pedi um burrito de carne que veio acompanhado de arroz e 3 nachos. O burrito em si, era pouco mais do que carne desfiada envolta numa tortilha com um pouco de queijo derretido. Ainda assim, pela decoração e ambiente consideramos que este é um bom local caso sejam fãs de nachos. Esta é apenas a nossa sincera opinião, este local até está muito bem classificado no TripAdvisor com um grande numero de pessoas a dizer que a comida é deliciosa.

Preço: 26€ (nachos de entrada + 1 burrito + 1 prato de nachos com frango arroz e guacamole + 1 coca cola )

#2 Kodawari Ramen

Se estão com apetites de comida étnica e não estão inclinados para a comida mexicana, outro restaurante que também fica na zona e que gostávamos muito de ter experimentado é o Kodawari Ramen. Um restaurante japonês, que também goza de uma atmosfera única e que parece teletransportar-nos para o Japão. Confiram no TripAdvisor algumas fotos e comentários e decidam por vocês se vale ou não a pena experimentar.

Dia 5: Marais, Bellevile & Pôr-do-sol no Trocadéro

Neste dia, voltámos a comer paninis de pequeno-almoço. E, começámos a nossa exploração diária a caminhar desde Montmartre até ao charmoso bairro de Marais. Uma agradável caminhada de cerca de 5km. Pelo caminho, íamos namorando as montras cheias de deliciosos bolos que são uma constante em Paris. Claro que tivemos de parar numa ou noutra para fazer o gosto às nossas papilas gustativas.

Onde comer no Marais?

#1 Falafel

Se são amantes de falafel, uma espécie de bolinhas fritas originárias do Médio Oriente feitas de grão de bico e servidas com um delicioso molho, então o Marais é o vosso  paraíso. Principalmente, a Rue des Rosiers. Aqui, encontrarão, não apenas um estabelecimento a vender esta especialidade, mas vários.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Place des Vosges, Marais

O Marais é conhecido como o antigo bairro judeu de Paris, sendo assim um dos melhores locais para comer falafel. Um dos mais famosos restaurantes da Rue des Rosiers é o L’As du Fallafel, mas se estiver fechado, como no dia em que fomos, não se preocupem e escolham qualquer um dos outros. Depois, caminhem com o vosso almoço até à Place des Vosges , uma das mais bonitas praças de Paris. Certamente, não serão os únicos a aproveitar o sol e o vosso dia em Paris desta forma.

Preço: 13€ (2 sandes de falafel)

#2 L’ Eclair de Genie

Se são fãs de éclairs, como nós, e querem provar alguns dos mais famosos, estão no sítio certo. Esta loja especializa-se em éclairs lindos, mas a qualidade tem um preço. Os éclairs desta loja são mais caros do que todos os outros que comemos nas outras pastelarias de Paris. Cada éclair custou-nos cerca de 6€, o dobro do preço dos outros que havíamos comido. Mas não podemos negar que são extremamente saborosos e que sendo uma pastelaria especializada apresentam uma maior diversidade de sabores mais requintados.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

L’ Eclair de Genie

Bellevile: Rue Denoyez

És um apreciador de arte urbana como nós? Sempre que visitamos uma nova cidade tentamos dedicar algum tempo a explorar a sua arte urbana. Depois de uma pausa para o almoço na Place des Voges, caminhámos até Belleville para apreciarmos a colorida Rue Dénoyez. Embora não tenhamos morrido de amores pelas pinturas que encontrámos nas paredes, muitas delas são apenas tags e outros rabiscos, não podemos negar que esta é uma rua muito colorida e fotogénica.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Rue Dénoyez, Paris

Queríamos muito despedir-nos do dia a olhar para a Torre Eiffel, no Trocadéro, por isso apanhámos o metro e não explorámos tanto o efusivo e multicultural bairro de Belleville como gostaríamos para chegarmos a horas do pôr-do-sol.

Cemitério do Père-Lachaise

Um dos cemitérios mais visitados do mundo, o Père-Lachaise, fica apenas a meia hora de caminhada da Rue Dénoyez. Aqui estão enterrados escritores famosos como  Balzac, Proust, Oscar Wilde, cantores como Edith Piaf e artistas como Delacroix e Modigliani. Também é aqui que descansa Jim Morrison, o vocalista dos The Doors, a sua campa é uma das mais populares.

Trocadéro

O Trocadéro, ao final da tarde, é um local cheio de vida e de turistas a tentar imortalizar o momento e a tirar a foto perfeita com a icónica Torre Eiffel.

Este é, de facto, um dos melhores  locais para conseguir “aquela” foto com a Torre Eiffel, mas durante o dia é quase uma missão impossível consegui-la sem ter outras mil pessoas a aparecer. E, foi assim que combinámos madrugar no dia seguinte, regressar  para apreciar o nascer do sol e conseguirmos as fotos que queríamos.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Torre Eiffel vista do Trocadéro

Onde jantar?

Neste dia, acabámos por comprar uma pizza perto do nosso hotel, por 11€, e levámo-la para o nosso quarto onde passámos a noite a  jantar e namorar.

#1 Pink Mamma

No entanto, se nos tivéssemos apercebido que o Pink Mamma, um dos restaurantes parisienses do momento ficava apenas a oito minutos a pé do nosso hotel, o Ibis Montmartre, e que comer uma pizza aqui, embora nos custasse o dobro do dinheiro, não nos levaria à falência teríamos, sem dúvida, optado por este restaurante. As pizzas no Pink Mamma custam entre 12 a 18€.

Para além da comida, que a julgar, pelos comentários no TripAdvisor parece ser de óptima qualidade, este restaurante tem uma decoração de óptimo gosto. Com as escadas repletas de quadros e outros pormenores interessantes de decoração nas demais salas e paredes.

Dia 6: Nascer do sol no Trocadéro, Ópera Garnier & Palais de Tokyo

7h: Nascer do sol no Trocadéro

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Nascer do sol no Trocadéro

Depois de uma semana a planear acordar cedo, este foi o dia em que, finalmente, conseguirmos tirar os nossos pesados rabos da cama quando o despertador tocou às 5h45.

Se querem uma foto memorável com a Torre Eiffel, este é o local.

Pequeno-almoço

Depois de tirarmos todas as fotos que queríamos, e mais algumas, estávamos esfomeados e a necessitar de encher as nossas barrigas com muitaaaa comida.

Como o pequeno almoço buffet do nosso hotel, o Ibis Montmartre, custava 10,50€ por pessoa, decidimos regressar para comer tudo o que queríamos e foi a melhor decisão das nossas vidas. Jamais teríamos conseguido comer tanto e tão bem por este preço, em Paris.  Só para terem noção do quão satisfeitos ficámos, depois deste pequeno-almoço às 9h, só voltámos a ter fome às 18h da tarde.

Os croissants eram maravilhosos, havia nutella, frutas, iogurtes, granola, delicioso queijo brie, outros queijos e fiambres, napolitanas deliciosas e muito mais. Relação qualidade/preço nota máxima.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Pequeno-almoço buffet no Ibis Montmartre

 Ópera Garnier

Depois de termos os nossos estômago felizes e cheios, de caminho para o Palais de Tokyo, fizemos uma paragem para contemplar o interior da Ópera Garnier, o majestoso edifico com as suas salas de espectáculo forradas de um veludo vermelho vibrante, onde ainda hoje se podem apreciar espectáculos tanto de opera como de ballet e de outras formas de expressa artística.

Preço: 11€ (Se tiverem mais de 26 anos); 8€ (Se tiverem menos de 26 anos) | Comprem os vossos bilhetes aqui.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Ópera Garnier | Palais Garnier, Paris

Palais de Tokyo

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

De caminho para o Palais de Tokyo

O Palais de Tokyo, o Museu de Arte Moderna de Paris, fica a poucos passos do Trocadéro. E, se quiserem ver a sua colecção permanente, é grátis para o publico, independentemente da idade.

Uma das nossas obras favoritas do museu enche toda uma sala e chama-se “La Fée Électricité” do artista  Raoul Dufy.

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

“La Fée Électricité”, Raoul Dufy.

Quartier Latin

Na nossa última noite em Paris decidimos voltar ao Quartier Latin para jantarmos.

As suas ruas estreitas estão repletas de restaurantes de todos os tipos, gregos, marroquinos, libaneses, franceses, a preços óptimos. Encontrámos vários restaurantes com menus de degustação: entrada, prato principal e sobremesa entre os 10€ e os 15€.

A grande maioria dos restaurantes nas estreitas ruas do Quartier Latin são cheios de charme e com uma decoração muito peculiar e distinta. Gostávamos de ter experimentado cada um deles.

As nossas ruas favoritas do Quartier Latin?  Rue La Huchette, Rue Xavier Privas, Rue de La Harpe e Rue Mouffertard.

Foi neste bairro que comemos o crepe com nutella mais barato de toda a nossa estadia em Paris (2,30€ cada um).

Dia 7: Comprar lembranças & Regressar a Portugal

O voo que nos traria de regresso a Portugal, só acontecia ao final do dia, pelo que estávamos a pensar desfrutar do nosso último dia em Paris, tal como começámos o primeiro, perdendo-se nas ruas de Montmartre.  Fizemos o check-out, pedimos para deixar as nossas malas até ao final do dia no hotel e saímos. Mas Paris, decidiu despedir-se de nós com o mais chuvoso dos dias.

Fomos então almoçar e comprar umas lembranças. A chuva não deu tréguas toda a tarde. Entretanto, chegou a hora de ir buscar as malas e apanhar o nosso voo com a Transavia. Que tal como o primeiro, foi extraordinariamente, pontual!

O que fazer em Paris? Roteiro de 4 dias -  Uma semana

Gostaram deste artigo? Acharam-no útil ou demasiado extenso? Este foi o artigo mais longo que já escrevemos para o nosso blogue e gostávamos muito de saber a vossa sincera opinião. Se tiverem alguma questão ou curiosidade sintam-se à vontade para colocá-la.

Adoramos fornecer informação e conselhos grátis aos nossos leitores. No entanto, para ajudar a sustentar o nosso blogue e pagar alguns dos nossos vícios (comida & viagens) colocámos alguns links afiliados ao longo deste artigo. O que significa que ganhámos uma pequena comissão se fizeres uma reserva através de um dos nossos links, sem qualquer custo extra para ti.

 

Lara Oliveira

2 Comments

  1. Responder

    Ana Catarina Portugal

    29 Abril, 2018

    Obrigada pela menção. 🙂
    Boas viagens!

    • Responder

      Lara Oliveira

      30 Abril, 2018

      De nada! Gostamos muito dos seus artigos sobre Paris, achámos que valia a pena mencionar 😉 Boas viagens!

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS