Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Decidimos criar este guia para ajudar todos aqueles que querem explorar a Serra da Arrábida. Achámos que não era justo guardarmos todos os locais que descobrimos apenas para nós.

Portugal tem 18 distritos. Em todos eles há muito para descobrir, mas há um que combina tudo o que de melhor o nosso país tem para oferecer. Estamos a falar do distrito de Setúbal. Aqui encontrarão praias cristalinas. magnificente natureza e muito mais.

Não percam também o nosso outro artigo: Maldivas? Ilhas Gregas? Não, isto é Arrábida!

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Caminho para a Praia do Creiro, Arrábida (Setúbal)

Serra da Arrábida: O que visitar?

#1 Praias

Entre tantas praias excepcionais, o difícil será mesmo escolher uma para poisar. Todas as praias que se situam na encosta da Serra da Arrábida têm as tão desejadas características, águas cristalinas e um enquadramento idílico. O que lhes garante lugar de distinção entre as demais praias do nosso país. Algumas são de areia mais fina e clara, sem pedras à vista. Outras, ainda que apresentem grandes areais, possuem também alguns aglomerados de pedras que podem magoar os pés mais sensíveis e mariquinhas, como os meus.

Saindo de Setúbal e dirigindo-se para a Serra da Arrábida, a primeira praia que encontrarão é a de Albarquel. Quilómetros mais à frente encontrarão a da Figueirinha. E, uns quilómetros mais à frente irão começar a encontrar sinalização para a Praia de Galápos. A Praia de Galapinhos fica também nas imediações e é possível lá chegar através do areal da Praia de Galápos ou por umas escadas que dão acesso à mesma.

Depois de Galapinhos, segue-se a Praia dos Coelhos. Esta foi para nós a praia mais difícil de achar. O trilho térreo que se faz para lá chegar não é difícil em termos de dificuldade física. O difícil é mesmo achar o trilho certo. A Praia dos Coelhos encontra-se entre a Praia de Galapinhos e a Praia do Creiro.

Atenção! Ao contrário do que pensámos inicialmente, o trilho não fica no caminho para a Praia do Creiro, mas sim na estrada para Galapinhos. Uma vez que encontrem o trilho é fácil perceber que é o certo.

Foi no estacionamento da Praia do Creiro que optámos por deixar o carro e esta rapidamente se tornou numa das nossas favoritas. Seguindo o areal da Praia do Creiro irão chegar ao Portinho da Arrábida.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Praia do Creiro, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Praia dos Coelhos, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Praia dos Coelhos, Arrábida (Setúbal)

#2 Miradouro do Portinho da Arrábida

Não é de todo difícil encontrar este miradouro que oferece uma vista privilegiada para a serra e para os 50 tons de azul destas refrescantes águas que banham a Arrábida.

Depois de saírem de Setúbal ou das praias que mencionámos anteriormente, com direcção ao Convento da Arrábida, continuem nessa estrada e um pouco mais à frente encontrarão o Miradouro. Quando encontrarem alguns carros parados na berma da estrada, numa espécie de estacionamento é sinal que chegaram ao destino. Na dúvida, cliquem aqui e utilizem o Google Maps. Depois do cão, o Google Maps é o segundo melhor amigo do homem. Pelo menos, para nós.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Miradouro do Portinho da Arrábida, Setúbal

#3 Sétima Bataria (7ª Bataria)

A Sétima Bataria do Regimento de Artilharia de Costa de Outão (7ª Bataria)  foi uma unidade de defesa do exército português, cessou actividade em 1998.  Depois de visitarem o Miradouro do Portinho da Arrábida continuem por essa mesma estrada. Cerca de 6 km mais tarde encontrarão a 7ª bataria. Cliquem aqui para ver no Google Maps.

O lugar está marcado pelo vandalismo, mas goza de privilegiadas vistas. Para além dos canhões que se encontram à superfície e apontados para a costa, existem também bunkers com diversos tuneis onde se guardavam os projecteis. Preferi não explorar essa parte, pois não me sinto muito à vontade em sítios fechados e sem luz, mas o Valter não resistiu a dar uma espreitadela.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

7ª Bataria, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

7ª Bataria, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

7ª Bataria, Arrábida (Setúbal)

#4 Palácio da Comenda

Sabiam que neste majestoso edifício, agora abandonado, é possível que tenha chegado a viver Jackie Kennedy, depois do assassinato do seu marido? Lemos um artigo na NIT sobre a alegada estadia de Jacqueline Kennedy que despertou o nosso interesse em conhecer este imóvel tão peculiar. No entanto, também lemos outro artigo do Diário de Notícias que alega que quem aqui viveu não foi Jackie Kennedy, mas sim a sua irmã  e o seu inseparável amigo, o escritor Truman Capote. Diz-se que “era habitual a família Armand ceder a casa – conhecida como Palácio da Comenda – a personalidades ilustres do círculo da melhor aristocracia europeia e portuguesa. Afinal, a quinta estava debruçada sobre uma das “melhores costas mediterrânicas”, comparada à época com a Sardenha ou a Côte d”Azur, mas com a vantagem de oferecer os mesmos esplendores estivais num ambiente “muito mais pacato e tranquilo””.

Se acabaram de ganhar o Euromilhões e não sabem o que fazer ao dinheiro, esta propriedade está à venda pela modesta quantia 45 milhões de euros.

Encontrar o Palácio da Comenda não é de todo difícil. Apesar de já sabermos de antemão que o queríamos visitar, encontrámo-lo totalmente por acaso ao percorrer a Serra da Arrábida. Basta irem com atenção. Ainda assim, vamos dar-vos indicações.

Como chegar?

Depois de passarem a praia de Albarquel irão encontrar um parque de merendas, esse é o Parque de Merendas da Comenda. Deixem o carro aí estacionado, dirijam-se para o parque de merendas e sigam no sentido da Praia. Num dos extremos, à beira mar plantado, encontrarão o tão esperado edifício. O portão está aberto e só têm de subir as escadas. Cliquem aqui para ver no Google Maps.

Pela sua imponente arquitectura, aspecto degradado e vandalizado, poderia ser o cenário perfeito de um filme de terror. Mas o edifício é visitado por famílias, casais e até bebés de colo, o que reduz esse nervoso miudinho de visitar sítios abandonados.

Actualização/Informação Importante: O Palácio da Comenda é propriedade privada, pelo que visitá-lo é ilegal. No entanto, quando o visitámos, em Abril de 2017, esta parecia ser uma actividade bastante banal. O portão estava aberto e dentro da propriedade encontrámos desde famílias com crianças, a casais, e grupos de amigos a explorar o local.

Porém, nos últimos tempos, a facilidade do acesso ao Palácio da Comenda mudou drasticamente. Recebemos um e-mail de uma leitora a informar que o portão foi  fechado, a vedação reforçada e à entrada encontra-se um cartaz a referir que a entrada poderá ser considerada invasão de propriedade. Pelo que advertimos a não visitarem este local.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Palácio da Comenda, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Palácio da Comenda, Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Palácio da Comenda, Arrábida (Setúbal)

#5 Convento da Arrábida

O Convento da Arrábida data do século XVI.

Faltou-nos tempo e não tivemos oportunidade de marcar uma visita. Tivemos que nos contentar em avistá-lo de longe. Mas se estiverem interessados em visitar o convento, cliquem aqui.

Para chegar ao Convento basta seguir as direcções indicadas na sinalização. Podem clicar aqui para obterem ajuda do Google Maps.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Convento da Nossa Senhora da Arrábida, Setúbal

#6 Lapa de Santa Margarida

Se existisse um concurso para capelas com localizações pitorescas, temos a certeza que esta merecia um lugar no topo da lista. Afinal de contas, não é todos os dias que se encontra uma capela escondida no silêncio de uma gruta, banhada pelo oceano.

Ao contrário do que inicialmente pensei, a caminhada para aqui chegar é curta. Esta capela encontra-se nas imediações do Portinho da Arrábida. Na dúvida, cliquem aqui e utilizem o Google Maps para vos guiar até ao início do trilho que vos levará à capela. Foi o que nós fizemos.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Lapa de Santa Margarida, Portinho da Arrábida (Setúbal)

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Lapa de Santa Margarida, Portinho da Arrábida (Setúbal)

#7 Casais da Serra

A cordilheira da Arrábida estende-se por cerca de 35 km. Para explorar a Serra da Arrábida em pleno, o melhor conselho que vos podemos dar é: certifiquem-se que percorrem toda a serra de carro ou, pelo menos, quase toda. É difícil encontrar estradas com paisagens mais inebriantes e inesquecíveis do que as da Arrábida.

É assim que surge a sugestão de visitar Casais da Serra. Esta não é uma localidade onde tenhamos parado muito mais tempo do que o suficiente para tirar esta foto ou para explorar a Quinta abandonada de São Francisco, mas achamos que vale a pena vir aqui desembocar se for para percorrer mais quilómetros das estradas da Arrábida.

Podem clicar aqui e consultar no Google Maps a localização.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Casais da Serra

Setúbal

Setúbal é a cidade mais próxima deste paraíso terreno. Se quiserem passar uns dias a conhecer a Serra da Arrábida recomendamos vivamente que utilizem Setúbal como base. Foi o que nós fizemos.

Ainda não vos contei, mas vivi nesta cidade 3 anos com os meus avós. Antes de ingressar na faculdade e enquanto estudava na Escola Secundária du Bocage. Foi bom voltar a uma cidade tão querida para mim. Nesta minha ausência deu para perceber o quanto a cidade está mudada. Pareceu-me estar mais viva e vibrante.

Surgiu ainda um novo centro comercial, o Alegro, que se tornou um dos nossos favoritos pelo seu aspecto moderno e colorido. Não somos fãs de passar muito tempo em centros comerciais a ver lojas, mas não resistimos à oportunidade de ir ao cinema. Este fim-de-semana não foi excepção e fomos ver o filme “Ladrões com Muito Estilo. Recomendamos.

São também diversos os alojamentos que surgiram pela cidade. Opções para pernoitar não faltam. Desde hostels, guesthouses e alojamentos de luxo. Surgiu, inclusive, o primeiro alojamento de cinco estrelas no distrito de Setúbal, o Hotel Casa Palmela. Quanto a alojamentos mesmo em Setúbal, recomendamos os seguintes RM The Experience, De Pedra e Sal Hostel & SuitesY.Quebedo – Concept Serviced Apartments.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Mercado do Livramento, Setúbal

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Mercado do Livramento, Setúbal

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Cinema do Centro Comercial Alegro, Setúbal

O que comer?

Uma vez em Setúbal não podem perder a oportunidade de comer o tão famoso Choco Frito. Nós somos fãs desta iguaria. Escolhemos a Casa Santiago – Rei do Choco Frito para jantar e adorámos. Pedimos uma dose de choco frito para os dois a acompanhar com batatas e ficámos muito satisfeitos. As doses são muito bem servidas e o choco é suculento e saboroso. Pagámos 14,60€ pela dose de choco frito e 2,60€ pelas batatas fritas. Para além do delicioso choco frito também nos apaixonámos pelo tempero das azeitonas aqui servidas.

O restaurante encontra-se no número 98 da principal avenida da cidade, a Avenida Luísa Todi. Cliquem aqui para ver no Google Maps.

Se tal como os meus pais, vocês também são fãs de marisco. Então, Setúbal é o local certo para se deslocarem. É impensável dizer aos meus pais que vou a Setúbal e não lhes trazer umas sapateiras do Mariscos Barrosinho.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Casa Santiago – Rei do Choco Frito, Setúbal

Visitámos Setúbal no fim-de-semana de 21 Abril de 2017. Ainda que fora da tradicional época balnear, já eram muitas as pessoas, que tal como nós, também quiseram aproveitar o fim-de-semana e desfrutar deste paraíso. Ao contrário do que as nossas fotos mostram, em nenhum dos locais que mencionamos no nosso Guia estávamos sozinhos. Alertamos-vos apenas para a possibilidade de se depararem com trânsito caótico ou dificuldade em estacionar, se visitarem a Arrábida no pico do Verão, que deve ser o expoente máximo do seu turismo.

Gostaram deste guia? Esperamos que sim. Sigam-nos no Facebook e Instagram para descobrirem mais sobre as nossas próximas escapadinhas.

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Portinho da Arrábida

Este ano estamos determinados a conhecer mais destinos de praia no nosso país. Têm mais sugestões? 

Guia Essencial Para Explorar A Serra Da Arrábida

Lara Oliveira

6 Comments

  1. Responder

    Teresa Filipe

    8 Maio, 2017

    Muito interessante todo o artigo e deixou-me com vontade de ir. Acho que é esse o vosso objectivo ao escrever. Continuem, pf, a viver novos locais e a partilhar essas vivências. Obrigada!

    • Responder

      Lara Oliveira

      8 Maio, 2017

      Teresa, ficamos muito felizes por saber que gostou do nosso artigo e que a deixámos com vontade de visitar a Arrábida. Muito obrigada pelas suas simpáticas palavras de incentivo e motivação. Um grande beijinho

  2. Responder

    Andreia

    28 Junho, 2018

    Bom dia,

    Gostei muito do vosso artigo, mas não percebi : Onde fica o miradouro da foto com o estrado de madeira?

    Obrigada,
    Andreia

    • Responder

      Lara Oliveira

      15 Julho, 2018

      Olá, Andreia.
      Obrigada pelo comentário! Hmm, deixa cá ver se consigo arranjar uma forma melhor de explicar a localização desse miradouro…Se saíres do Portinho da Arrábida, em direcção ao Convento da Arrábida, cerca de 1km depois encontras o Miradouro do Portinho da Arrábida. Se ainda assim esta explicação não for explicativa o suficiente, experimenta a escrever “Miradouro Portinho Arrábida” no Google Maps, este miradouro está lá sinalizado 😉 Beijinho

  3. Responder

    Júlia Nunes

    10 Julho, 2018

    Olá! Artigo muito interessante e construtivo. Obrigada pelas dicas. Gostaria só de deixar uma pergunta: A foto de capa (primeira foto publicada) foi tirada no Miradouro do Portinho da Arrábida correto?

    • Responder

      Lara Oliveira

      15 Julho, 2018

      Olá, Júlia. Muito obrigada por este comentário tão simpático! Ficamos felicíssimos por saber que achaste o nosso artigo interessante e útil.
      E, sim, a tua suposição está correctíssima. A foto de capa foi mesmo tirada no Miradouro do Portinho da Arrábida 😉 Beijinho

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

RELATED POSTS